Relação altimetria

Ola Pessoal!


Muitos corredores de montanha questionam sobre a relação distância x altimetria, ou confundem altimetria x altitude. Quantas vezes encontramos corredores comparando uma subida com outra, tentando convencer o amigo que aquela é mais puxada? Ou mesmo a nossa dificuldade de ilustrar a um amigo não corredor o quanto pesada foi uma subida de uma prova. Por isso montamos o desenho abaixo para no visual tentar explicar melhor essa relação:




1) No primeiro trecho em azul escuro temos uma das principais subidas da TDS, com aproximadamente 11km de distância e subindo 1730m. Ou seja, do ponto que iniciamos a subida até o final dela, temos uma variação de 1730m. Essa é a relação do quanto subimos, e não da altimetria que é outro indicador: no caso, essa montanha tem o ponto máximo dessa variação na altitude de 2600m.


2) Na segunda montanha, temos a principal subida da CCC, a primeira subida da prova com aproximadamente 9km de distância e variação de 1300, com chegada ao topo da Tête de la Tronche 2584m. Algo que podemos observar, as subidas da UTMB são bem pesadas, subindo o tempo inteiro e com uma elevação considerável! Não é a toa que é considerada a maior prova de montanha do mundo.


3) O terceiro trecho destacado em amarelo é a nossa Pedra da Mina na Serra Fina. Além da sua exuberante beleza, o pico da Pedra da Mina é oficialmente a quarta montanha mais alta do Brasil, com 2798 metros de altitude, localizada na Serra da Mantiqueira. Nesse trecho em destaque saindo do Paiolinho temos uma distância média de 8km e com ganho de 1350m. Ou seja, é uma paulada de ganho de elevação em poucos kms, o que torna o trecho bem técnico pela sua inclinação e também por ser uma região bem técnica de pedras.


4) O quarto trecho em verde (por de trás da Pedra da Mina) temos a nossa temida LUMINOSA, também conhecida como "Quebra-Perna". Para quem não conhece, a Luminosa é a subida que leva ao topo que Campos do Jordão e faz parte do Caminho da Fé. Temos uma distancia de aproximadamente 10kms saindo da cidade de Luminosa até o topo dessa subida, chegando na estrada de acesso a Pedra do Baú, chegando a altitude de 1821m com ganho acumulado de 900m.


4) Para pessoal que não tem referência do que estamos falando, veja por exemplo a relação do que subimos em cada uma dessas subidas em relação ao Burj Khalifa. Ou seja, em praticamente cada trecho do UTMB subimos em media dois predios do Burj Khalifa, sendo que na prova temos algumas dessas subidas :)


Qual experiência de vocês em cada uma dessas? Consegue arriscar onde sofreu mais?


Algumas fotos:


Trecho de uma descida do CCC/UTMB em 2019:


Vista da Cidade Luminosa, em um trecho da subida da "Luminosa":


Pedra da Mina:





32 visualizações